Impotência masculina tem cura?

A impotência sexual masculina é um problema muito mais comum do que se imagina.

As estatísticas confirmam isto pois, considerando homens adultos, com idade acima de 18 anos, 52% apresentam disfunção erétil grau médio, 10% em grau grave, 25% moderado e 17% em grau mínimo

A questão é que muitos homens passam por isso, mas não querem falar sobre o assunto.

Mesmo assim, é fundamental lembrar que não há motivo para vergonha ou desespero, afinal, a impotência sexual masculina tem cura sim.

Para começo de conversa, é necessário buscar ajuda de um especialista urologista, e pedir a ele uma avaliação do seu caso.

Mais do que isso, é importante ressaltar que pode ocorrer uma “falha” eventual, afinal, somos humanos, mas isto não significa impotência.

Somente após o diagnóstico correto ele poderá então orientá-lo para o tratamento, de acordo com o seu caso.

Seja qual for a causa, dificilmente não terá a cura. Você tem que querer buscar ajuda e se propor ao tratamento indicado.

É muito importante lembrar que você pode evitar a impotência mantendo uma vida saudável. A saúde se conquista e mantém através da alimentação equilibrada, fazendo exercícios físicos, evitando situações de estresse, controlando o sedentarismo, a obesidade, mantendo equilibrado seus níveis de colesterol, níveis de diabetes, hipertensão arterial e evitando o consumo de drogas, fumo e álcool.

O tratamento será baseado nas causas da impotência. Como as causas variam muito, os tratamentos também, mais já chegou ao brasil o v8 big size que é um gel que ajuda a combater a impotência sexual.

Os tratamentos podem ser:

  • Terapia
  • Remédios por via oral
  • Remédios injetáveis
  • Uso de aparelhos a vácuo
  • Implantes de próteses penianas

Os medicamentos via oral são os mais utilizados tendo em vista que tem uma taxa de sucesso em torno de 70% dos casos.

São medicamentos que contêm sildenafila, mais conhecido como o Viagra). Essa substância estimula o fluxo sanguíneo irrigando os corpos cavernosos que são responsáveis pela ereção.

É mais recomendado quando a causa da impotência é de origem psicológica que é uma das maiores causas de impotência.

Outra opção de tratamento são os medicamentos injetáveis.  São aplicações feitas diretamente no pênis onde suas substâncias agem como dilatadores dos vasos sanguíneos. Esta dilatação, facilita o fluxo de sague, que são necessários nos corpos cavernosos do pênis, para que ocorra uma boa ereção.  É indicada quando o paciente tem histórico de diabetes e outras doenças

Se as opções acima não forem suficientes ainda tem a possibilidade da prótese peniana. O uso das próteses não interfere no desejo, prazer ou ejaculação.

Existem vários tipos de próteses e o médico poderá lhe dizer a mais indicada, se este for o seu caso. Pronto, agora você já sabe se impotência tem masculina tem cura e que deve procurar um especialista!

Quais soluções contra a ejaculação precoce?

Por que viver a ejaculação precoce como uma fatalidade e arruinar suas relações sexuais? Atualize técnicas e medicamentos que atrasam a ejaculação e ajudam a manter o controle sobre sua diversão.

Cerca de um em cada quatro homens sofrem de ejaculação precoce . Considera-se que um homem é afetado por esse distúrbio sexual quando não tem controle sobre sua ejaculação, que ocorre menos de um a três minutos após a penetração, e que seu parceiro não tem tempo para estar satisfeito. Dr. Sylvain Mimoun, ginecologista, sexólogo, diretor do centro de andrologia do hospital Cochin (Paris), membro do comitê científico da revista Santé, respondeu às nossas perguntas.

Existem maneiras psicológicas de combater a ejaculação precoce?

Sim, devemos tentar reduzir a emoção e as tensões . Em contraste com o que os homens fazem quando assistem a um filme erótico. Deve-se evitar a auto-sugestão com imagens muito empolgantes, reais ou mentais. De fato, quanto mais o homem se acostumar a ter uma ejaculação assim que estiver excitado, menos ele poderá prolongar o prazer . Ele também deve procurar reduzir o estresse, não apenas sexualmente, na vida cotidiana também.

O perigo é que um reflexo condicionado seja posto em prática se a situação se repetir. Em um relatório, é importante introduzir preliminares que tornem o clima conjugal menos oneroso, relaxem os dois parceiros, tornem a mulher mais receptiva e evitem a penetração humana muito rapidamente. Pode-se também recomendar ao casal que tenha um egoísmo compartilhado, onde cada um pense em seu prazer, em vez de esperar inteiramente pelo outro. Porque quando uma mulher se diverte, também tranquiliza o marido e a angústia.

Colocar um preservativo ajuda?

Isso pode ajudar porque o preservativo , especialmente se for um pouco grosso, vem como uma barreira à sensibilidade no freio, logo abaixo da glande, e ajuda a ejacular mais devagar. Além disso, algumas marcas têm preservativos cuja cabeça foi espessada, para limitar as sensações apenas neste local.

Mas uma ótima solução natural para combater a ejaculação precoce é fazendo o uso do Sperm Control que é um suplemento natural que ajuda no combate da ejaculação precoce.

Outros métodos são eficazes?

Ao contrário do que se pode ler na internet, o stop and go ou o squeezing não dão resultados convincentes.

  • Para parar e ir , o casal deve parar qualquer movimento quando o homem sentir a emoção chegando. Isso é muitas vezes frustrante para a mulher que não alcança o prazer e muitas vezes inútil para o homem que tem apenas o problema de antecipar o ponto de não retorno.
  • O aperto é ainda pior, pois a mulher deve, além disso, pressionar o polegar no freio para estrangular a glande …

Por outro lado, praticar a respiração corporal dá bons resultados. Ajudamos o homem a se reeducar. Para isso, ele pratica exercícios de respiração pela barriga: inspira pela boca a inflar sua barriga e expira esvaziando-a. Então ele aprende a mover a pélvis: em pé, com as pernas levemente dobradas, ele move a bunda para trás ou para a frente. E então, combina os dois: inspira e infla a barriga quando as nádegas estão para trás e sopra para esvaziar o estômago, trazendo a pelve para a frente.

Ele treina sozinho em casa e, quando domina isso, começa a se masturbar ao mesmo tempo. Mas, em vez de a mão se mover no pênis, é a haste que vai para a mão. Se a excitação é muito forte, ela usa ainda mais respiração para diminuir a pressão. Quando ele chega lá sozinho, ele pode tentar com seu parceiro. O melhor é começar com as carícias, depois a mulher masturba o parceiro e, quando todas essas etapas estão indo bem, elas podem tentar ter um relacionamento com a penetração.

É melhor adotar certas posições sexuais?

É necessário que o homem possa se concentrar em seu corpo, em suas sensações. E não é muito fácil se ele estiver em seu parceiro, com os braços estendidos e que, muscularmente, ele está cansado! Podemos, portanto, sugerir duas posições.

  • O primeiro requer uma participação ativa de sua esposa: ele está deitado de costas, ela está sentada nele. Assim, se ela concordar em jogar, é ela quem se moverá, e ele ficará mais relaxado, mais capaz de sentir e gerenciar o que está acontecendo em seu corpo. Mas é necessário que a mulher seja deixada para fazer amor também. Se ela aceitar dizer “Esta é a última chance que eu lhe dou!”, Não funcionará! Um contexto favorável deve ser criado para reduzir o estresse.
  • Outra posição, mais simples de propor para o homem, e menos cansativa também para o parceiro, é estar deitado, ambos, o homem na mulher, mas ambos ligeiramente ao lado, de modo que o homem é parcialmente sustentado pelo colchão e não repousa seu peso sobre a esposa. As bacias se tocam, mas a parte superior do corpo é separada. Assim, os dois parceiros podem se olhar, beijar, acariciar um ao outro. A mulher sente que seu marido está interessado nela, que eles estão em fase e não notará necessariamente as interrupções que o homem fará se sentir seu desejo de ocupar muito espaço. Tenha cuidado, no entanto, com o abuso de carícias ou estímulos: quanto mais animado o homem, maior a probabilidade de ele ficar impressionado!

Existem medicamentos para retardar a ejaculação?

Apenas um medicamento possui Autorização de Introdução no Mercado (AIM) nesta indicação adequada de ejaculação rápida  : é o Priligy . Um comprimido deve ser tomado uma a três horas antes do relatório. Como seu ingrediente ativo é rapidamente eliminado, ele pode ser tomado pontualmente, quando o homem precisar, sem que haja efeito de abstinência. Este medicamento está disponível há cerca de dois anos e atua sobre a quantidade de serotonina presente no corpo. Os pacientes parecem achar que isso os ajuda a atrasar suficientemente a ejaculação.

Às vezes, também podemos dar um creme anestésico, que é acumulado em uma camada muito fina na coroa da glande. Mas os homens têm menos sensações. Além disso, não coloque muito, caso contrário, pode irritar a vagina do parceiro. Esses cremes, que têm um efeito colateral na ejaculação, visam inicialmente tratar outros problemas.

Impotência masculina como tratar

Sem dúvidas, falar sobre a impotência masculina ainda é um grande tabu e, segundo estudos, os homens acabam levando até 4 anos para procurar ajuda, simplesmente por sentirem vergonha do problema.

O fato é que você não tem nada do que se envergonhar e precisa entender que a impotência é um problema que acontece com mais de 50% dos homens no mundo inteiro.

O que acontece é que quanto maior o tempo até que se busque tratamento, mais o problema se agrava, dificultando a recuperação.

Ao contrário disso, quanto mais cedo você procurar ajuda, maiores são as chances de reverter o quadro e conseguir a resolução do seu problema de uma vez por todas.

Então, se você quer saber quais os tratamentos para a impotência masculina, continue lendo e descubra tudo!

Tratamento para impotência masculina com remédios

Uma das principais formas de tratar a impotência sexual masculina é usando medicamentos orais ou suplementos naturais como o Titanus que contribuem para o aumento do fluxo sanguíneo na região do pênis, favorecendo a ereção.

O mercado oferece uma grande variedade de medicamentos e suplementos naturais.

Casa um deles tem uma ação específica, duração e efeito. No entanto, é sabido que a maioria deles causa efeitos colaterais bastante desagradáveis que vão desde os mais simples, como uma dor de cabeça, até os mais graves, como infartos.

Vamos ver mais algumas opções de tratamentos para impotência:

  • Terapia de reposição hormonal: esse tipo de tratamento pode ser feito com injeções, adesivos e até cápsulas e tem como principal objetivo elevar os níveis de testosterona no organismo.
  • Aparelhos à vácuo: embora não tenham eficiência comprovada, esses aparelhos são utilizados no tratamento de homens que não podem fazer uso de medicamentos ou hormônios.
  • Cirurgia para implante de prótese: as próteses penianas podem ser utilizadas como última alternativa para quando os outros tratamentos não têm sucesso.

Tratamento para impotência masculina com remédios naturais

Além dos medicamentos que são vendidos em farmácias, há ainda a possibilidade de usar tratamentos naturais para a impotência sexual.

Além dos chá que usam ervas afrodisíacas, existem ainda os suplementos naturais, que reúnem os melhores ingredientes para impotência sexual em apenas algumas cápsulas, o que facilita muito seu uso.

O fato é que a impotência masculina é um problema sério e deve sempre ser tratado para que não se agrave.

O melhor de tudo é que os tratamentos naturais, tal como dos suplementos, não causam efeitos colaterais como os remédios normais.